“Meu mundo saudades.”




Amo à distância, respiro a pura ânsia de ter perto de mim.
Sem você... noites sem fim,com dias assim...cinzas sobre mim.



E o que bate não é a dor da vontade,
É a fome da saudade de viver o que ainda não vivi.
Meu bem querer sagrado em mim... me faz feliz!
Mesmo que seja assim... Com toques sem sentir,
Tuas escritas me fazem explodir, preenchendo a falta que sinto de ti.


Ah! Deixei você ir... Entre sonhos sobrevivi sem teu olhar me perdi...
Não pude impedir... meu coração grita por ti...eu posso ouvir...



Numa ausência sentida por cada despedida,
O amor que antes eu desconheci... hoje mora em mim,
Me beija e me cala, me alimenta e me fala...
No sentir sem saber de onde vem tanto querer,
Ah!Minha vida.Preciso dizer: "Eu amo você!"





quinta-feira, 9 de janeiro de 2014.

Leia Mais...
sábado, 28 de julho de 2012.



Vento Frio
Sinto o vento frio
meus olhos gélidos
contemplam
a sombra da
morte a minha frente


Ao olhar para o lado
vejo você
como um fantasma
me aproximo e toco
em seu rosto pálido
e vejo que está
tão gélido quanto eu
Me afasto de você
sem nem uma unica palavra
Nada mais faz sentido
Encaro a morte
e ando em sua direção
me acalmo
e tudo escurece
so sinto me esfriando
esfriando cada vez mais.
Leia Mais...


Discreto Encanto
"Quero ser seu amigo
De muito longe e assim tão perto,
de coração distante porém aberto,
e de dedicação insana por um sorriso sincero.
Posso ser a ti, um inimigo ou até mesmo um afeto,
mas sei que de mim, vem um amor mais que sincero.
Sou e quero ser aquele que te deseja quieto,
No fundo das liberdades, o silêncio grita inveja.
Nos sonhos, nasce a vontade de ser discreto...
Mas na sua vida, minha querida... Sou o amor sincero.
Nunca quis te sufocar ao ponto de te fazer calar,
mas é tão dificil, perdi a conta de quantas vezes quis chorar.
É tão bonito ser seu amigo, mas como é dificil ser...
Eu já tentei de tudo, não sei o que mais tenho que aprender.
Minha doce amiga, não sei como te pedir perdão...
Ser um eterno amigo, é se acostumar com um amor em vão?" 
Leia Mais...
domingo, 12 de fevereiro de 2012.

Meu Vinho Humano


Quero tecer o pavor na minha teia
Ao prender, indefesa, a sua alma
Um prisioneiro na minha cadeia
E eu sou a platéia que aplaude...

Degustando o sabor da tua veia
Sufocando-o num canto escondido
Desesperado tu gritas, esperneia...
E eu transformando-o no meu absinto...

Meu vinho humano, meu vício!
Um capricho ao meu critério
Depois de morto (oh que disperdício!)
Serás mais um no meu cemitério...


autoria: lady Morphyna
Leia Mais...
sábado, 3 de setembro de 2011.

Sou fera enjaulada em pele de cordeiro
ando de um lado para outro tentando
escapar do cativeiro

Sou fera ferida pelas chibatadas
da vida enclausurada me alimento
das minhas próprias feridas

Sou fera trancafiada em uma cela
rodando em passos lentos
rosnando pela liberdade e criando
mais ódio por dentro

Sou fera que finge ser domada
ligeira e traiçoeira, aguardando o momento
certo para atacar a presa
Sou fera trancafiada por grades que me
dominam
tenho sede de vingança por ter tido
esta cina

Sou fera felina
esperando o momento exato
com minha pele de cordeiro
vou acabar com este carrasco

Leni Martins
Leia Mais...
 
Horas passadas, Horas mortas... © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |